Fonoaudiologia: tudo que você precisa saber sobre a área

fonoaudiologia

Você tem vontade de ser fonoaudiólogo? Veja tudo que você precisa saber sobre a área.

Quando você ouve falar sobre fonoaudiologia, o que você pensa? Talvez você julgue que o profissional dessa área atua somente no desenvolvimento da fala, mas já adianto que não é só isso.

Então, acompanhe o artigo e entenda para que serve a fonoaudiologia e o que faz o profissional dessa área.

O que é a Fonoaudiologia?

A Fonoaudiologia é uma especialidade que auxilia na reabilitação da comunicação de crianças e adultos, que tiveram alguma alteração, seja por autismo, alterações neurológicas, síndromes, deficiência auditiva, ou até que tenham algum atraso na fala sem que exista algum outro fator associado. A fonoaudiologia tem como objetivo principal facilitar e aprimorar a comunicação.

Além da linguagem oral, o fonoaudiólogo também auxilia nas dificuldades da linguagem escrita, como, por exemplo, pessoas que têm dislexia, e também ajuda crianças com problemas de respiração, dificuldades para engolir, mastigar ou sugar.

Profissional que atua na área da fonoaudiologia

O fonoaudiólogo estuda a comunicação e a linguagem. Ele é responsável por diagnosticar e tratar problemas como surdez, fala incorreta, gaguez e outros erros que impedem que a fala seja clara. 

O profissional formado em fonoaudiologia é responsável por:

  • Realizar tratamento fonoaudiológico para prevenção, habilitação e reabilitação de pacientes e clientes aplicando protocolos e procedimentos específicos de fonoaudiologia;
  • Avaliar pacientes e clientes; realizam diagnóstico fonoaudiológico;
  • Orientar pacientes, clientes, familiares, cuidadores e responsáveis;
  • Atuar em programas de prevenção, promoção da saúde e qualidade de vida;
  • Exercer atividades técnico-científicas através da realização de pesquisas, trabalhos específicos, organização e participação em eventos científicos.

Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho oferece para o profissional de fonoaudiologia uma diversidade de oportunidades.

Ele pode atuar, por exemplo, em hospitais, clínicas, asilos, escolas, creches, instituições de ensino superior, rádio, TV, empresas, teatro, etc.

Atualmente o setor público, é um segmento que demanda muito de fonoaudiólogos e detalhe: é o que tem as melhores remunerações.

Estabelecimentos que atendem as áreas da Saúde e Educação, também oferecem muitas oportunidades para esse profissional, com demandas para auxiliar no tratamento de distúrbios de comunicação.

Outra opção de segmento, é na área de Medicina do trabalho, devido à necessidade de realização de exames audiológicos em trabalhadores que são expostos a ruídos.

Além disso, a área que o trabalho da Fonoaudiologia é muito requisitado, é o atendimento de cantores, palestrantes e jornalistas. O fonoaudiólogo realiza tratamento, acompanhamento e auxílio desses profissionais, cuidando da voz e respiração.

Quais são as áreas de atuação de um fonoaudiólogo? 

De acordo com Conselho Federal de Fonoaudiologia (CFFa), as áreas de atuação de um fonoaudiólogo são doze:

           Motricidade – analisa os músculos da face, boca e língua, prevenindo e diagnosticando problemas nas estruturas orofaciais. 

  • Linguagem – ligada ao processo de aquisição e desenvolvimento da linguagem, prevenindo, diagnosticando e tratando distúrbios na fala e na escrita. 
  • Voz – visa prevenir e tratar problemas da voz, além de aperfeiçoar e promover a saúde vocal.
  • Saúde Coletiva – cuida da saúde de um grupo específico. O profissional pode atuar no setor público ou privado.Disfagia – caracteriza-se pela análise dos distúrbios da deglutição.
  • Audiologia – voltada, especificamente, para a audição, prevenindo doenças e promovendo a saúde auditiva.
  • Gerontologia – destinada ao tratamento de idosos, prevenindo, avaliando e diagnosticando os problemas ligados à audição, fala, linguagem, entre outros aspectos, e também habilitando e reabilitando.Fonoaudiologia Educacional – ajuda a otimizar o processo de ensino-aprendizagem em escolas, prevenindo alterações na voz, audição, motricidade orofacial e linguagem (oral e escrita).
  • Fonoaudiologia Neurofuncional – destinada a pessoas que tiveram problemas no sistema nervoso. O profissional faz a avaliação, o diagnóstico e a reabilitação.
  • Fonoaudiologia do Trabalho – ligada à promoção de uma melhor qualidade de vida no ambiente de trabalho, detectando e diagnosticando riscos e elaborando programas de prevenção.
  • Neuropsicologia – relacionada à avaliação e ao tratamento de distúrbios diversos que podem afetar a comunicação e sua ligação com a cognição.
  • Fluência – atua no diagnóstico, na intervenção e no tratamento de problemas ligados à fluência, como a gagueira. 

Qual é o perfil do estudante e profissional da Fonoaudiologia?

Empatia 

A empatia é essencial para o fonoaudiólogo, pois, durante a sua jornada ele terá que lidar com diversos tipos de pessoas e situações que será necessário se colocar no lugar do outro. 

Raciocínio clínico 

O fonoaudiólogo é responsável por identificar problemas de saúde ou alterações na fala e audição e indica o melhor tratamento para cada paciente, além de prescrever terapias adequadas.  

Boa habilidade de comunicação 

Fonoaudiologia e comunicação andam juntas. Portanto, é imprescindível que os profissionais saibam se comunicar muito bem, até mesmo com pessoas que apresentam dificuldades nessa área. 

Paciência 

O trabalho do fonoaudiólogo leva tempo e nem sempre traz resultados imediatos. Por isso, é necessário ter muita paciência com os pacientes e os seus familiares, o fonoaudiólogo precisa transparecer muita tranquilidade, para que seus pacientes também tenham essa tranquilidade durante o tratamento.

Gosto pelos estudos 

Seja estudante ou profissional de Fonoaudiologia, o fato é que você precisa ser um curioso por natureza. Portanto, fique ciente que os estudos nunca terão fim. Você sempre terá que fazer especializações e atualizações, que são fundamentais para que os tratamentos que você oferecer sejam sempre os mais modernos possíveis. 

Mas fique tranquilo, se você ainda não tiver uma ou mais dessas características, elas podem ser trabalhadas com o tempo. 

Por que fazer uma pós-graduação na área?

Profissionais que possuem pós-graduação têm mais credibilidade no mercado, pois, são vistos como referências, esse diferencial no currículo te permite estar à frente dos concorrentes em processos seletivos, pensando que a maioria conta apenas com a graduação.

Uma vez inserido no mercado de trabalho, as habilidades conquistadas na pós-graduação farão com o que o fonoaudiólogo tenha um destaque e seja reconhecido por seus superiores e, assim, passar a assumir posições mais altas.

Garantir mais conhecimentos em uma área específica é uma maneira muito inteligente de acelerar seu plano de carreira e assumir grandes cargos.

Por isso, se você quer dar passos maiores na sua carreira, a pós-graduação é uma ótima escolha.

Principalmente na área da saúde, uma pós-graduação no currículo te dá possibilidades de um aumento significativo nas médias salariais, já que estamos falando de profissões que são consideradas essenciais e a demanda de profissionais nessa área é constante.

Essas vantagens só provam que vale muito investir em uma pós-graduação em Fonoaudiologia, sem contar que pensando na realização pessoal e profissional, ser um especialista tem seu valor.

Antes de escolher onde fazer sua especialização, é importante buscar por uma instituição de renome como a Faculdade Famart, pois, esse é o primeiro passo para construir uma trajetória de sucesso!

Se você tem interesse no ramo e quer dar um novo passo na sua carreira, conheça nossos cursos na área de fonoaudiologia e fale com os nossos consultores.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *